www.BairrodasLaranjeiras.com.br
ANUNCIE AQUI  |  INFORMATIVO  |  CONTATO

HOME Notícias semanais

CULTURA E TURISMO

ENDEREÇOS NO BAIRRO
Atividades físicas
Bares e Restaurantes
Cafés, Lanches e Sucos
Comércio e Serviços
Estabelecim/ de Ensino
Hospitais e Clínicas

FESTAS E EVENTOS

MATÉRIAS E NOTÍCIAS

MURAL DO BAIRRO

TRABALHOS SOCIAIS E
ASSOCIAÇÕES


UTILIDADE PÚBLICA

VARIEDADES
Anuncie no Bairro
Contato do Bairro
Blog do Bairro
Detalhes do Bairro
Fotos do Bairro
Informativo do Bairro
Twitter do Bairro



Capa
Onde encontrar
Expediente


MACRO & MICRO
Especialmente nesta edição, a coluna trás um artigo do ator e ex-deputado estadual Herculano Leal Carneiro. Fundador do Teatro Rural do Estudante, Herculano inicou sua carreira política como líder estudantil na década de 60.



Conversa de Livraria
A partir deste mês, esta coluna publicará todas as crônicas e poemas do Concurso Laranjeiras em Prosa e Verso.


ARMAZÉM DAS LETRAS:
tradição em Laranjeiras

Por Tatiana Paradella


Foi observando a efervescência cultural de Laranjeiras, seus escritores, poetas e artistas plásticos, que o jornalista Herval Faria teve a iniciativa de trazer para Laranjeiras, em 1986, a livraria Armazém das Letras, a qual ele havia criado na cidade de Teresópolis. À frente do empreendimento, Herval deixou seu filho Rafael, na época recém-casado. Com a saída de Rafael, quem assumiu a livraria foi a esposa de Herval, Leda Faria.

- Eu costumava visitar a livraria todos os dias e acabava ajudando o Rafael a tomar conta dos negócios. Isso foi se tornando uma rotina prazerosa. Com a saída do meu filho, há 12 anos estou administrando o local com “mãos de ferro” – conta Leda.

Para ajudar no dia-a-dia, ela conta com a ajuda de Felipe Martins, funcionário desde a inauguração e braço direito na administração do espaço. Apesar de toda tradição e carinho por parte dos moradores, todos reconhecem que a realidade financeira dos brasileiros tem afetado o mercado literário.

- Antigamente as pessoas compravam muitos livros, mas hoje, com a atual situação do país e a dificuldade que passamos, as vendas têm diminuído - relata Felipe Martins.
Tantos anos de experiência renderam a Leda muitas amizades.

- Os clientes são muito fiéis e sempre dão aquela passadinha no local para conferir as novidades ou até mesmo para trocar algumas palavras amigas – conta a proprietária que é fã dos livros de auto-ajuda e biografias.




PATROCINADORES
Clique e saiba mais sobre eles












REDES SOCIAIS








FOTOS DO BAIRRO



Clique na foto...





© 2005 - 2019 Isabel Vidal
Todos os direitos reservados



Jornal da AMAL
ano XXV nº 209
Dezembro/05