www.BairrodasLaranjeiras.com.br
ANUNCIE AQUI  |  INFORMATIVO  |  CONTATO



A Arte Zen
Detalhes
Gastronomia
Notícias do bairro
Peripatos






Matérias publicadas de 2005 à 2007 sobre:
Bairro
Cultura
Gente









PATROCINADORES DESTE SITE
Clique nas imagens e saiba mais sobre cada um deles



-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------


APOIOS E SIMPATIAS
Clique nas imagens e saiba mais sobre cada um deles


-----------------------------------------------------------------

-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------


-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------



-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------

   





© 2005 Isabel Vidal
Todos os direitos reservados



Rio de Janeiro, 18/01/08

Amélia e os pastéis de nata

[email protected]

Como diz a canção, Amélia era uma mulher de verdade. 
Mas verdade seja dita, uma das maiores virtudes de Amélia eram os seus deliciosos pastéis de nata.
Quem experimentava não se cansava de elogiar. Ela contava que os pastéis nasceram, no dia em que o leite entregue na porta de sua casa, foi esquecido fora da geladeira e virou um pote de nata. Era tanta nata, que ela revirou seus escritos para encontrar algo que aproveitasse o ingrediente. Encontrou uma receita de biscoitinhos de nata com goiabada. Mas Amélia adora inventar novas possibilidades na cozinha. Era lá que ela criava, pintava e bordava com os ingredientes guardados em seus armários. E foi assim que surgiram os pasteizinhos.

Em geral, todos que provavam, pediam a receita, mas reclamavam da dificuldade de encontrar nata para o preparo. Então ela sugeria usar leite fresco. Ficavam bons, mas aqueles com nata, derretiam no céu da boca, provocando sensações variadas. 

E para quem quiser se permitir a brincadeira na cozinha, segue a receita original dos pastéis de nata.


Pastéis de Nata da Amélia


Ingredientes:
150 gramas de massa folhada congelada

Para o recheio:
9 gemas
9 colheres de sopa de açúcar 
1/2 litro de nata / leite fresco

Modo de Preparo:
Deixe a massa folhada em temperatura ambiente, conforme as instruções da embalagem.
Enquanto a massa descongela, prepare o recheio dos pastéis.
Para dar leveza, passe as gemas por uma peneira e coloque-as em uma tigela. Acrescente o açúcar e a nata e bata até obter uma mistura homogênea. Leve ao fogo em banho-maria e mexendo sempre, deixe cozinhar até obter um creme incorpado. Retire do fogo e deixe esfriar. Agora voltemos a massa: vamos abrí-la numa superfície lisa. Você vai precisar da ajuda de um rolo de madeira. Mas na sua ausência, serve aquela garrafa vazia de vinho. Para dar forma aos pastéis o ideal é usar um cortador circular com 7 cm de diâmetro, para cortar 6 círculos. Mas podemos substituir por um copo com diâmetro aproximado. Colocar no centro da massa uma colher de sopa do recheio. Juntar as pontas da massa e "lacrar" com a ajuda de um garfo. Disponha em tabuleiro untado com manteiga e leve ao forno médio por 50 minutos, ou pelo tempo suficiente para a massa ficar levemente dourada. Retire do forno e sirva em seguida.

Uma sugestão para um fim de semana que promete dias nublados e caseiros.

O acompanhamento musical fica por conta de Jane Duboc, com sua versão para "Ai, que saudade da Amélia". Para ouví-la, basta clicar no link abaixo:
http://musica.busca.uol.com.br/radio/index.php?busca=
Ai+Que+Saudades+da+Am%E9lia&ad=on&param1=home
busca&check=musica
MATÉRIAS
sobre gastronomia
publicadas em:

------------------ 2010
------------------ 2009
------------------
------------------ Mai a Dez/08
------------------ Mar e Abr/08
------------------ Jan e Fev/08
------------------
------------------ Set a Dez/07
------------------ Agosto/07
------------------ Julho/07
------------------ Junho/07
------------------ Maio/07
------------------ Abril/07
------------------ Março/07
------------------





LARANJEIRAS E REGIÃO

Divulgamos o bairro pro bairro,
a região pra região

Promovemos
o comércio e a cultura local

Fomentamos o amor ao bairro
e o bem viver em comunidade

Segue a gente : )





© 2005 - 2022 Isabel Vidal
Todos os direitos reservados



Variedades