www.BairrodasLaranjeiras.com.br
ANUNCIE AQUI  |  INFORMATIVO  |  CONTATO

HOME Notícias semanais

CULTURA E TURISMO

ENDEREÇOS NO BAIRRO
Atividades físicas
Bares e Restaurantes
Cafés, Lanches e Sucos
Comércio e Serviços
Estabelecim/ de Ensino
Hospitais e Clínicas

FESTAS E EVENTOS

MATÉRIAS E NOTÍCIAS

MURAL DO BAIRRO

TRABALHOS SOCIAIS E
ASSOCIAÇÕES


UTILIDADE PÚBLICA

VARIEDADES
Anuncie no Bairro
Contato do Bairro
Blog do Bairro
Detalhes do Bairro
Fotos do Bairro
Informativo do Bairro
Twitter do Bairro



AMAL

Capa da Folha
Onde encontrar
Expediente



MACRO E MICRO

Gilson Nazareth
Mestre em Educação IESAE - FGV
Doutor em Comunicação e Cultura ECO - UFRJ


A AMAL, no que nos cabe
Temos necessidade de sobreviver, a cada momento sucessivo, numa sociedade que perde sua qualidade de vida em ritmo vertiginoso: saúde, educação, segurança, confiança e perspectiva de futuro...



MACRO & MICRO

Por Gilson Nazareth

Temos necessidade de sobreviver, a cada momento sucessivo, numa sociedade que perde sua qualidade de vida em ritmo vertiginoso: saúde, educação, segurança, confiança e perspectiva de futuro. Vivemos uma proposta política de desestruturação e desmoralização das instituições públicas.

O cidadão brasileiro está compelido a sobreviver apelando para um individualismo de pouca duração e valia.

Uma associação de bairro passa por dificuldades advindas deste processo: falta de voluntários com espírito público, produtividade, continuidade e uma agenda conseqüente.
Na nossa área de trabalho, na AMAL, temos um projeto em execução o qual padece de agilidade por falta de companheiros numericamente suficientes para a empreitada: TRIANGULO ESCALENO.

Para que intra-muros a AMAL possa funcionar com segurança é necessário que tenhamos um entorno tranqüilo e confiável.Para que tenhamos voluntários e usuários,dentro de nossos espaços internos, é necessário que saiamos à rua, acionemos a internete e façamos corpo a corpo com os demais moradores.

Nossa área de ação externa vem sendo o triangulo formado pelas esquina de Laranjeiras com Pereira da Silva, de Laranjeiras com Eugenio Hussak e tem, como terceiro ponto, o parquinho atrás da nossa associação.
O espaço não foi escolhido aleatoriamente:corresponde aos locais de maior insegurança das proximidades de nossa instituição.

Na praça Del Prette, que se situa entre as ruas mencionadas, temos, aos sábados de 11 às 17h, a Galeria Anárquica: exposição onde o artista não paga nem passa por critério de avaliação.O trabalho da praça, de 18 meses, se completa com o de nossa Galeria Paulo Barreto com mais de 5 anos de existência profícua.

Nos aspectos internos temos dois saraus:O Sarau João do Rio voltado para a poesia, prosa e teatro e o Sarau do Marquês voltado para MPB. Ambos acontecem às quintas-feiras: o primeiro na última de cada mês, a partir das 18:30 e a outra na primeira quinta-feira, de cada mês, a partir das 20hs.Ambas na sede da AMAL.

Ainda nos aspectos internos temos os cursos, em funcionamento, de: japonês, desenho, forró, dança do ventre e capoeira.

A ocupação do parquinho vem sendo tratado com a Secretária de Meio Ambiente, Rosa Fernandes, que vem nos mostrando uma outra forma de administrar: voltada ao bem público.

À AMAL, que nos cabe,ainda existe esperança.




PATROCINADORES
Clique e saiba mais sobre eles












REDES SOCIAIS








FOTOS DO BAIRRO



Clique na foto...





© 2005 - 2019 Isabel Vidal
Todos os direitos reservados



Jornal da AMAL
ano 27 - nº 221
outubro/2007